Porto Alegre: ‘Dia dos Dados Abertos POA’ discutirá projeto Mina Guaíba

O Dia dos Dados Abertos em Porto Alegre irá debater o projeto da Mina Guaíba e seus impactos ambientais na Região Metropolitana. O evento é gratuito e será realizado na Unisinos Porto Alegre, dia 7 de março, das 9h às 15h30min. A programação segue a linha temática Dados Ambientais, proposta pela Open Knowledge para o Open Data Day 2020.

Pela manhã, pesquisadores vão apresentar dados sobre o tema central do evento e responderão perguntas de jornalistas convidados. Após, o debate será aberto ao público. No turno da tarde, os participantes poderão aprender mais sobre como usar a Lei de Acesso à Informação para monitorar riscos ambientais em uma oficina ministrada pelo advogado especialista em transparência pública Bruno Morassutti, colaborador da iniciativa Fiquem Sabendo. 

O Open Data Day é promovido mundialmente com o objetivo de estimular a transparência pública e conscientizar governos e cidadãos para o uso de dados abertos. Cada cidade organiza sua programação, dentro dos eixos temáticos propostos pela Open Knowledge. Esta é a terceira edição realizada na Unisinos Porto Alegre. Desde o ano passado, a organização local do evento está a cargo das jornalistas Marília Gehrke e Taís Seibt, da Afonte Jornalismo de Dados, iniciativa local para promoção de conhecimento em dados abertos. 

Dia dos Dados Abertos – Porto Alegre

  • 9h – recepção aos participantes;
  • Das 9h30min às 12h30min – A mina e os rios: dados sobre o risco ambiental da Mina Guaíba e a poluição na Região Metropolitana;
  • Das 13h30min às 15h – Oficina de LAI: como monitorar impactos ambientais usando a Lei de Acesso à Informação, ministrada pelo advogado especialista em transparência pública e colaborador da iniciativa Fiquem Sabendo, Bruno Morassutti;
  • 15h30min – encerramento.

Painelistas: 

  • Marcelo Träsel: professor da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação (Fabico) da UFRGS, presidente da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e coordenador do projeto Guaíba Dados;
  • Marilene Maia: doutora em Serviço Social, especialista em Administração e Planejamento de Bem Estar Social e coordenadora do Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos (Observa Sinos);
  • Iporã Brito Possantti: engenheiro ambiental e mestrando do Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH) da UFRGS;
  • Rualdo Menegat: geólogo, professor  do Departamento de Paleontologia e Estratigrafia do Instituto de Geociências da UFRGS e criador do Atlas Ambiental de Porto Alegre

Entrevistadores:

  • Jéssica Rebeca Weber (GaúchaZH)
  • Thayse Uchôa (Extraclasse)
  • Felipe Prestes (Sul 21)

Inscreva-se aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: